Tenho um caso da COVID-19 confirmado em casa. E agora?

Após o diagnóstico confirmado, é muito importante a prevenção da transmissão aos outros moradores e monitorar quaisquer sinais de deterioração clínica.

Confira alguns passos do que fazer neste momento:

O paciente deve se isolar dos demais moradores, incluindo dos animais domésticos, sempre que possível, em cômodo bem ventilado. Evitar movimentações pela casa.
Não permitir visitas. É extremamente importante seguir as recomendações de isolamento e sair somente quando for necessário.


Definir um cuidador para o paciente, que esteja em boa saúde (que não seja portador de doenças crônicas como hipertensão, diabetes mellitus ou de doença imunossupressora).
O paciente e o cuidador deverão utilizar máscara cirúrgica e trocá-la frequentemente, evitando tocar o rosto. As mãos devem ser lavadas antes da sua colocação e após a retirada e o descarte.


O cuidador deverá utilizar também luvas descartáveis (lavando as mãos antes e após o seu uso) e uma roupa de proteção, como um avental de plástico, antes de manusear as roupas do paciente, para limpar e desinfetar superfícies nas quais o paciente tenha tocado, como mesa de cabeceira e outras mobílias.


Não dividir utensílios com o paciente. As roupas de cama devem ser lavadas separadamente do restante da casa, com sabão comum. O banheiro deve ser de uso individual, limpo e desinfetado com frequência. A higiene deve ser ainda mais assídua para todos: lavar as mãos sempre que houver possibilidade, principalmente antes da manipulação de alimentos e após o uso do banheiro.